7 Incríveis Tratamentos para Cabelos Envelhecidos

Tudo Sobre Tratamentos para Cabelos Envelhecidos

Tratamentos para Cabelos Envelhecidos

Diariamente nós cuidamos da pele para prevenir que o efeito do tempo provoque rugas e, consequentemente, comecem a aparecer os primeiro sinais de envelhecimento.

Mas você já parou para pensar que também é necessário ter o mesmo tipo de cuidado com os cabelos?

Assim como a sua pele sofre com os fatores externos, os seus cabelos recebem agressões o tempo todo.

E essas agressões vão muito além da variação climática – o calor do secador e da chapinha – e das químicas que alteram a estrutura dos fios e contribuem para que os cabelos fiquem opacos e quebradiços.

Por esse motivo, existe uma série de fatores que devem ser levados em consideração ao cuidar dos cabelos para prevenir o envelhecimento e manter as madeixas sempre saudáveis, sedosas e com muito brilho.

>> Recomendamos Para Você:

(VIDEO) 10 Alimentos que Fazem Cabelo Crescer Mais Rápido

(VIDEO) Babosa no Cabelo – Confira como Usar Corretamente

(VIDEO) Como fazer o cabelo crescer mais grosso?

(VIDEO) Queratina no Cabelo – Como Aplicar e Usar

(VIDEO) Dieta Como Fazer o Cabelo Crescer Mais Rápido

A idade dos cabelos

Uma forte característica entre as brasileiras pode ser definida pelo jargão: cabelo bonito é cabelo comprido! Seja na altura dos ombros ou lá na cintura, mulheres e homens brasileiros são grandes admiradores das longas madeixas.

Mas o que pode ser um símbolo da beleza feminina também pode ser visto como um ponto fraco. Isso porque a idade dos cabelos, ou mais precisamente, o grau de envelhecimento dos fios é medido a partir do comprimento do cabelo.

No entanto, isso não tem nenhuma relação com a idade biológica da mulher.

Para determinar a idade das madeixas, o raciocínio é o seguinte: se o cabelo cresce aproximadamente um centímetro por mês, um fio médio, com 36 centímetros de comprimento, já nasceu há três anos.

Isso significa que a ponta desse fio está recebendo todos os efeitos do sol, do banho, da água quente, da escovação e por aí vai.

É natural que, com o passar dos anos, o cabelo perca um pouco de brilho e força. Uma mulher de 40 anos, por exemplo, apresenta fios mais fracos e porosos por causa das alterações hormonais que ocorrem em seu organismo.

Conforme o tempo passa, o volume e a maciez dos fios vão diminuindo em um processo normal de envelhecimento.

Mas em qualquer idade, ao associarmos esse processo natural com o uso de secadores, chapinhas ou de técnicas de alisamento e coloração, estamos colaborando para que os cabelos mostrem os sinais do tempo antecipadamente.

Esses recursos que deixam os cabelos mais bonitos quase que imediatamente agridem profundamente o fio a longo prazo se forem feitos sem tomar os devidos cuidados.

O calor excessivo e as fortes substâncias presentes nas químicas eliminam a gordura natural que serve como uma camada protetora da fibra capilar.

Quando isso acontece, as escamas se abrem e o cabelo fica com um aspecto ressecado, áspero e sem brilho. Podem ocorrer também pequenas fissuras que removem a queratina e expõem a parte interna do fio, deixando-o muito fragilizado.

Mas para prevenir ou recuperar o aspecto saudável dos seus cabelos, basta adotar hábitos simples e fáceis de serem seguidos.

Existe também uma série de produtos para ajudar a manter os fios sempre bonitos e cheios de brilho. Confira algumas dicas para combater o envelhecimento precoce dos seus cabelos.

Oito passos para ter cabelos jovens

1. Tratamentos para manter a força

Quem concorda com a máxima de que a beleza está nos fios longos precisa redobrar os cuidados com os cabelos. A restauração e a hidratação da fibra capilar são fundamentais para ter fios saudáveis.

Na correria do dia a dia, aposte em uma máscara nutritiva que pode ser aplicada de maneira rápida, no conforto da sua casa, a cada 15 dias. Mas isso não é suficiente para escapar do salão!

A cada dois ou três meses procure um profissional e recorra à cauterização, reposição de queratina ou plástica capilar. Dessa maneira você garante a força da sua estrutura capilar e ainda fica com os fios mais sedosos e brilhantes.

 

2. Delicadeza na lavagem

Já que você esperou muitos anos até que suas madeixas chegassem ao comprimento ideal, nada mais natural do que tratá-las com carinho.

Na hora de lavar, espalhe um pouco de shampoo nas mãos e aplique no couro cabeludo, massageando levemente com as pontas dos dedos.

Evite juntar as pontas dos cabelos e esfregá-las contra a cabeça – o atrito entre os fios e o couro cabeludo abre as escamas das fibras capilares.

De maneira delicada, espalhe a espuma que se formou na cabeça até as pontas, isso é suficiente para que os fios fiquem limpos por completo.

 

3. Desembaraçar é fundamental

Separar os fios e desfazer os nós que surgem eventualmente nos cabelos é um hábito importante para a saúde dos cabelos. O procedimento pode ser feito durante o banho, com a ajuda do condicionador.

Espalhe uma pequena porção do produto nas mãos e passe suavemente nos fios, da altura do pescoço para baixo. Em seguida, utilize uma escova quadrada do tipo raquete para desembaraçar os fios cuidadosamente.

Essa escova traz um efeito melhor do que os pentes por ter cerdas flexíveis e macias que não machucam o couro cabeludo e não quebram os fios.

 

4. Cabelos secos são mais saudáveis

Quando os fios estão úmidos, eles ficam mais elásticos e flexíveis, assim eles podem quebrar mais facilmente com o contato com elásticos, escovas ou até mesmo com o travesseiro.

Por isso, procure não se deitar ou prender os cabelos enquanto estiverem molhados. Não hora de prender, utilize elásticos revestidos e fivelas frouxas, que não forcem as fibras. Deixe secar naturalmente ou use um secador para garantir a saúde dos seus cabelos.

5. Proteja-se do calor

O secador de cabelo e a chapinha são grandes amigos de muitas mulheres. No entanto, é preciso estar atenta para os prejuízos que o uso excessivo desses aparelhos pode causar.

Não tem problema nenhum recorrer a esses artifícios para desfilar com um look incrível, desde que você proteja seus fios antes de começar. Existe uma grande variedade de cremes, sprays e silicones com ação térmica protetora exclusiva para essa finalidade.

Caso contrário, o calor vai danificar as camadas mais externas dos fios e causar ressecamento, pontas duplas e muitos outros efeitos desagradáveis.

 

6. Não fuja do corte

Ainda tem gente que acredita que a melhor maneira de manter os cabelos longos é não cortar. Porém, quem deseja manter os cabelos longos precisa encarar a tesoura periodicamente.

E para isso não é preciso mudar o visual radicalmente, trata-se apenas de um corte preventivo, que tira só as pontas do cabelo. Se você mantiver a rotina de corte a cada três meses, a parte a ser eliminada é pequena.

No entanto, o cabelo que fica mais de seis meses sem ver a tesoura acumulou os danos naturais e precisa de reparos maiores. Visitar seu cabeleireiro com mais frequência é garantia de manter seus cabelos sempre bonitos.

 

7. Passe protetor solar

Uma das recomendações mais comuns quando falamos de pele também é válida para ter madeixas saudáveis. A exposição solar excessiva faz mal para os cabelos da mesma maneira que prejudica a pele.

E isso vale para todas as idades, pois as agressões do sol têm efeito cumulativo, ou seja, quanto mais tempo você passar exposta ao sol sem proteção adequada, mais você estará danificando seus fios.

O sol provoca a perda de proteínas que são responsáveis pelo fortalecimento do cabelo, deixando-os ressecados e desbotados.

Aposte em um protetor solar específico para os cabelos sempre que for passar grandes períodos os ao ar livre. E lembre-se de que chapéus e guarda-sóis também podem proteger seus cabelos.

 

8. Cuide da alimentação

Não são apenas os fatores externos que danificam os cabelos; a alimentação também tem um papel importante na conquista de fios saudáveis.

Equilíbrio é a palavra-chave para quem busca uma alimentação balanceada que também traga benefícios para as madeixas.

As vitaminas e nutrientes presentes nos alimentos precisam estar presentes em níveis satisfatórios para que o organismo mantenha a saúde dos fios.

Caso isso não aconteça, é possível recorrer aos suplementos para complementar sua dieta. Pantenol, zinco, cobre, selênio e as vitaminas C e E são os grandes responsáveis por um cabelo saudável.

medico emagecer mulher azul

» » RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

banner-perfume-loja

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *