Bolsa Carteira: As Mais Vendidas Como usar e Onde Comprar

Tudo Sobre Bolsa Carteira

Bolsa Carteira

Apesar de uma bolsa grande ser indispensável no guarda-roupa, existem certas ocasiões em que o look pede uma versão menor do acessório, onde caiba apenas o essencial, como celular, chave de casa, dinheiro e make para retoques.

Não é à toa que as bolsas-carteira ganharam espaço nas ruas, como uma opção prática e cheia de estilo para carregar os pertences.

A princípio, o modelo era usado somente em eventos mais formais, como casamentos e bailes de formatura, para combinar com vestidos longos.

Hoje, no entanto, o acessório é muito mais democrático, com grande variedade de estilos, diferentes materiais, aplicações e estampas.

Muitas vezes chamada de clutch, a bolsa-carteira tem uma pequena diferenciação em relação à primeira.

Como ressalta a consultora de imagem Cintia Demori, que é membro da Association of Image Consultantes Internation (AICI), a clutch é um modelo de bolsa menor, que pode ser quase totalmente envolvida pela mão e comporta apenas o básico (dinheiro, celular e chave).

Já a bolsa-carteira é um pouco maior, podem incluir alças para ser elevada no ombro, e é uma opção funcional e fácil de combinar para quem vai à balada ou mesmo a um churrasco com os amigos.

O conceito da bolsa pequena que pode ser carregada na mão foi criado em 1930 por Emile Hermès, que viu a necessidade de um acessório para carregar o cigarro das mulheres da época sem amassar.

Desde então, o modelo conquistou os red-carpets e, mais recentemente, as ruas. Hoje, é possível encontrar bolsas-carteiras feitas de couro colorido, com aplicações de spikes ou franjas, estampa animal print e as clássicas versões nude ou preta.

Ao que parece, esse modelo de acessório não será uma tendência apenas do verão. Para a consultora, no inverno as bolsas-carteiras com textura de couro, mais escuros e com tachas, spikes ou franjas continuarão em alta.

As versões básicas, em tons neutros, que remetem ao minimalismo, também devem fazer sucesso.

Em meio a tantas opções, fica até difícil escolher quais combinam mais com os seus looks. Para não errar, confira as dicas abaixo.

>> Recomendamos Para Você:

(VIDEO) Sabor de Vida | Carteira em Bambu / Bolsa Carteira

Como escolher e combinar sua bolsa-carteira

Para escolher a bolsa-carteira ideal para cada momento, é preciso ter em mente o tipo de ocasião e o look que será usado. Além disso, certas características suas também farão a diferença.

Por exemplo: se você for baixinha, é preferível que use uma versão menor, para não achatar a silhueta, como explica a consultora de imagem. Cintia ressalta que, no caso dos modelos com franja, o ideal é inclusive cortar os fios caso eles sejam muito longos.

As mulheres mais altas, em contrapartida, podem escolher bolsas-carteira maiores para equilibrar o visual.

Se a intenção é compor um look para o dia a dia, a consultora recomenda os modelos em couro, que são mais fáceis de combinar, de preferência nas cores preta ou nude. Outra opção é o tom de marrom claro, que tende a se adequar bem a produções coloridas.

No caso das bolsas-carteira coloridas, a dica é usá-las apenas em ambientes de trabalho mais informais ou no fim de semana e principalmente no verão.

Cintia aconselha inclusive a aposta em cores contrastantes com as peças do look, como roxo e amarelo, cinza e amarelo ou azul com laranja, por exemplo. Ela só ressalta que é preciso que a combinação esteja em harmonia.

A carteira colorida também é uma boa opção para a balada. Nesse contexto, a consultora indica ainda os modelos com alça, pois além de serem pequenos, eles deixam as mãos mais livres para tirar uma foto ou segurar a bebida.

Vale também apostar em bolsas-carteira com apliques de tachas ou com brilho, dependendo do estilo do local. O importante é que ela abrigue todos os seus pertences, sem deformar.

Seja para o dia a dia ou a balada, quem quiser optar por modelos mais estampados do acessório precisa ficar atenta ao look. Cintia ressalta que a produção deve ter apenas um ponto focal.

Assim, se a roupa for muito chamativa, o acessório deve ser neutro. Mas se a intenção é usar uma clutch de animal print, por exemplo, o look deverá ser neutro.

A consultora explica que não é preciso que a roupa seja toda monocromática, mas outras estampas que não sejam a da clutch devem estar apenas em detalhes, como o punho ou a gola da camisa.

Erros comuns no uso da bolsa-carteira

Na hora de compor um look, é importante ficar atenta a todo o conjunto da produção.

Afinal, um modelo com muito brilho não deve ser usado com peças despojadas, enquanto roupas sofisticadas não combinam com uma bolsa-carteira de palha, por exemplo. Cintia ressalta ainda que modelos com muito brilho não combinam com o dia a dia.

Outro erro comum é encher demais a bolsa-carteira, o que acaba deformando-a. A consultora explica que o acessório não deve aparentar o volume que tem para não chamar a atenção de um modo negativo.

Por isso, escolha a versão que mais se adéqua às suas necessidades e aposte nessa tendência.

medico emagecer mulher azul

 

» » RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

banner-perfume-loja

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *