CRIANÇA BIPOLAR: Como Identificar, Tratar de Forma Rápida

Transtorno Bipolar na Infância e Adolescência Aspectos Clínicos e Comorbidades

Tratamentos para crianças e adolescentes são geralmente decididos caso a caso, dependendo dos sintomas, efeitos colaterais de medicação e outros fatores.

Medicamentos: crianças e adolescentes com transtorno bipolar são muitas vezes prescritos os mesmos tipos de medicamentos como os utilizados em adultos.

Há menos pesquisa sobre a segurança e a eficácia dos medicamentos bipolares em crianças do que em adultos, de modo que as decisões de tratamento são muitas vezes baseadas na pesquisa de adultos.

Saiba aqui como lidar com uma pessoa bipolar.

Psicoterapia: as maiorias das crianças diagnosticadas com transtorno bipolar afetivo exigem aconselhamento como parte do tratamento inicial para manter os sintomas de retorno.

A psicoterapia pode ajudar as crianças a desenvolverem habilidades de enfrentamento com dificuldades de aprendizagem, resolvendo problemas sociais e ajudando a fortalecer os laços familiares e a comunicação.

E, se necessário, pode ajudar a tratar problemas de abuso de substâncias, comuns em crianças mais velhas com transtorno bipolar.

Apoio e suporte: trabalhar com professores e conselheiros escolares e incentivar o apoio da família e amigos podem ajudar a identificar serviços e incentivar o sucesso.

mulhercuriosa.com.brcrianca-bipolar-como-identificar-tratar-de-forma-rapida

 

DICAS » RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »

Quais São as Diferenças entre Farinha de Milho e Fubá?
Anticoncepcional para Tratar Acne qual Melhor
Guia Atualizado Sangue nas Fezes do Gato o que Fazer
27 Dicas Remoção Permanente Pelos Indesejáveis no Corpo
37 Coisas Divertidas para Fazer com seu Namorado
17 Incríveis Alimentos que Aumentam sua Altura

 

(VÍDEO) Crianças podem ter Transtorno Bipolar?

 

(VÍDEO) Como Diagnosticar o Transtorno Bipolar na Criança?

 

Estilo de Vida e Remédios Caseiros

Você provavelmente precisará fazer mudanças de estilo de vida para parar ciclos de comportamento que pioram seu transtorno bipolar.

 

Seguem-se Alguns Passos a Seguir:

Deixar de beber ou usar drogas ilegais: uma das maiores preocupações com o transtorno bipolar são as consequências negativas do comportamento de risco e abuso de drogas ou álcool. Obtenha ajuda se você tiver problemas para parar sozinho.

Evite relacionamentos insalubres: cerque-se com as pessoas que são uma influência positiva e não vão incentivar o comportamento insalubre ou atitudes que podem piorar o seu transtorno bipolar.

Faça atividade física regular e exercício físico: moderada ou regular, o exercício pode ajuda a estabilizar o seu humor.

Libera substâncias químicas cerebrais que fazem você se sentir bem (endorfinas), pode ajudá-lo a dormir e tem uma série de outros benefícios.

Verifique com o seu médico antes de iniciar qualquer programa de exercícios, especialmente se estiver a tomar lítio, para se certificar de que o exercício não irá interferir com a sua medicação.

Dormir bastante: não fique acordado a noite toda. Em vez disso, durma bastante.

Dormir o suficiente é uma parte importante da gestão do seu humor. Se tiver problemas para dormir, fale com o seu médico ou profissional de saúde mental sobre o que pode fazer.

 

Medicina Alternativa

Medicina alternativa é o uso de uma abordagem não convencional em vez de medicina convencional. A medicina complementar é uma abordagem não convencional usada junto com a medicina convencional.

Não há muita pesquisa sobre medicina alternativa e transtorno bipolar tipo 2.

A maioria dos estudos sobre medicina alternativa complementam que são sobre a depressão maior, por isso não é claro quão bem a maioria destes trabalham para o transtorno bipolar.

Ácidos gordurosos de omega-3: estes óleos podem ajudar a melhorar a depressão associada ao transtorno bipolar. O transtorno bipolar parece ser menos comum em áreas do mundo onde as pessoas comem regularmente peixes ricos em ômega-3.

Omega-3 parece ter uma série de benefícios para a saúde, porém mais estudos são necessários para determinar o quanto eles ajudam com o transtorno bipolar.

Magnésio: vários pequenos estudos têm sugerido que os suplementos de magnésio pode diminuir a mania e o rápido ciclismo de sintomas bipolares. Mais pesquisas são necessárias para confirmar esses achados.

Erva de São João: esta erva pode ser útil com depressão. No entanto, ele também pode interagir com antidepressivos e outros medicamentos, e tem o potencial de desencadear mania em algumas pessoas.

S-adenosil-L-metionina (SAMe): este suplemento de aminoácidos parece ajudar a função cerebral relacionada à depressão. Ainda não está claro se é útil em pessoas com transtorno bipolar. Como com a erva de São João, SAMe pode desencadear mania em algumas pessoas.

Combinações ervais: remédios herbais que combinam uma série de diferentes ervas, como os utilizados na medicina tradicional chinesa, não foram bem estudados e os conteúdos podem variar entre os produtos. Riscos e benefícios ainda não estão claros.

Acupuntura: esta antiga prática chinesa de inserir minúsculas agulhas na pele pode aliviar a depressão, mas são necessários mais estudos para confirmar seus benefícios.

No entanto, a acupuntura é considerada segura e pode ser feito junto com outros tratamentos de transtorno bipolar.

Se você optar por usar medicina complementar, além de seu tratamento médico recomendado, tome algumas precauções em primeiro lugar:

Não pare de tomar seus medicamentos prescritos ou pule sessões de terapia. A medicina alternativa não é um substituto para cuidados médicos regulares quando se trata de tratar o transtorno bipolar.

Seja honesto com seus doutores e fornecedores da saúde mental. Diga-lhes exatamente quais tratamentos complementares você usa ou gostaria de tentar.

Esteja ciente dos perigos potenciais. Só porque é natural não significa que é seguro. Antes de usar medicina alternativa ou complementar, descubra os riscos, incluindo possíveis interações com medicamentos.

 

Lidar e Apoiar

Lidar com Transtorno Bipolar Pode Ser um Desafio. Aqui Estão Algumas Estratégias que Podem Ajudar:

Saiba mais sobre transtorno bipolar: educação sobre sua condição pode capacitá-lo e motivá-lo a manter o seu plano de tratamento. Ajude a educar sua família e amigos sobre o que você está passando.

O transtorno bipolar tem cura! Fique focado em seus objetivos: a recuperação do transtorno bipolar pode levar tempo.

Mantenha-se motivado mantendo seus objetivos de recuperação em mente e lembrando a si mesmo que você pode trabalhar para reparar relacionamentos danificados e outros problemas causados por seus balanços de humor.

Participe de um grupo de apoio para saber como identificar uma pessoa bipolar: grupos de apoio para pessoas com transtorno bipolar podem ajudá-lo a se conectar a outros enfrentando desafios semelhantes e compartilhar experiências.

Encontre saídas saudáveis: explore formas saudáveis de canalizar sua energia, como hobbies, atividades físicas e recreativas.

Aprenda maneiras de relaxar e gerenciar o estresse: yôga, tai chi, massagem, meditação ou outras técnicas de relaxamento podem ser úteis.

 

Prevenção

Não há nenhuma maneira certa de prevenir o transtorno bipolar. Entretanto, começar o tratamento o mais adiantado de uma desordem mental da saúde pode ajudar a impedir a desordem bipolar ou outras circunstâncias da saúde mental.

Se você foi diagnosticado com transtorno bipolar, algumas estratégias podem ajudar a evitar que os sintomas menores se tornem episódios de mania ou depressão:

 

Preste Atenção Aos Sinais de Aviso: Resolver os Sintomas no Início Pode Prevenir Episódios de Piora. Você e Seus Cuidadores Podem ter Identificado um Padrão para Seus Episódios Bipolares e o Que os Aciona.

Chame seu médico se você sentir que está caindo em um episódio de depressão ou mania. Envolva os membros da família ou amigos na observação de sinais de alerta.

Evite drogas e álcool: usar álcool ou drogas de rua pode piorar seus sintomas e torná-los mais propensos a voltar.

Tome seus medicamentos exatamente como indicados: você pode ser tentado a parar o tratamento, mas não deveria. Isso pode ter consequências imediatas – você pode ficar muito deprimido, ter vontade de se suicidar ou entrar em um episódio maníaco ou hipomaníaco.

Se você acha que precisa fazer uma mudança, chame seu médico.

Verifique primeiro antes de tomar outros medicamentos: fale com o médico que está tratando você para o transtorno bipolar antes de tomar medicamentos prescritos por outro médico ou qualquer suplemento ou medicamentos.

Às vezes, outros medicamentos desencadeiam episódios de transtorno bipolar ou podem interferir com medicamentos que você já está tomando para tratar o transtorno bipolar.

ATUALIZADO: 04.04.17

 

Como EU perdi 13 quilos em apenas 21 dias. Sem dieta e exercícios! Usando isso...

 

Deixe um comentário logo abaixo sobre o que você mais gostou nesse artigo, ou sobre alguma dica extra que você deseja compartilhar conosco ou até mesmo alguma crítica sobre esse texto.

 

DICAS » RECOMENDAMOS PARA VOCÊ »

27 Remédios Caseiros Eliminar Pulgas de Gatos e Cachorro
Como Amenizar e Tirar um Chupão do Pescoço
Como se Livrar de Baratas Pequenas de Dentro do Armario
Perguntas Interessantes para se Fazer a um Homem
37 Coisas que Mulheres Gostam de Ouvir dos Homens
Rápido e Fácil Como Fazer Amaciante de Roupa Caseiro
27 Incriveis Dicas Como Puxar Conversa com seu Namorado
17 Remédios Naturais para a Perda do Paladar e Olfato
Chá de Limão com Mel: Cura Tosse, Gripe e Dor de Garganta
37 Coisas que HOMENS Gostam de Ouvir das MULHERES

Recomendados Para Você: