brigas pós-parto
Maternidade

Brigas pós-parto: como lidar com a situação

Brigas pós-parto: como lidar com as brigas de casal após o nascimento da criança? Confira nossas dicas

O nascimento de um filho é sempre um momento muito especial e único. 

São diversas transformações que vão acontecendo ao longo dos meses de gestação, não só físicas para a mulher, mas também na dinâmica da casa e do casal.

E quando o bebê nasce, essas mudanças são ainda mais profundas e inevitáveis. E lidar com tudo o que acontece nem sempre é uma tarefa fácil, já que todas as atenções estão voltadas para o novo membro da família que exige cuidados constantes.

→ Para os papais: casamento e paternidade — saiba como lidar com a situação

E o que fazer quando as brigas começam a acontecer logo após o nascimento da criança?

É perfeitamente normal que, após o nascimento da criança, as mamães e papais estejam extremamente exaustos, emocional e fisicamente. Isso acontece justamente por conta da ansiedade dos últimos dias da gestação, seguida da mudança brusca na rotina diária e dinâmica do casal.

A partir do momento que o bebê nasce, é como se passasse a existir somente a mamãe e o papai e não mais o casal, o homem e a mulher. Não existe mais o tempo a dois, todo o pouco tempo disponível é voltado para os cuidados com o bebê e, mesmo com todo amor existente entre o casal, o fato é que por conta da nova rotina, os dois acabam se distanciando um do outro.

Mas como lidar com as brigas de casal que começam a acontecer logo após o nascimento da criança?

Primeiro, é preciso ter a clareza de que diversas situações podem acontecer e nenhuma delas será por causa do bebê.

Para lidar com elas, é preciso entender também o que cada uma delas desencadeia para encontrar a melhor forma de driblar esses problemas e continuar mantendo a união e o amor de forma harmônica para o bem da nova família. Muitas vezes isso pode parecer muito difícil, mas na verdade não é.

Veja os problemas mais comuns que podem ocorrer entre o casal após o nascimento do bebê.

Brigas pós-parto mais comuns:

Tivemos um bebê e agora começaram as brigas! - Joana Santiago

Brigas por tarefas domésticas

AS tarefas domésticas vão se acumular nos primeiros tempos logo após o nascimento e isso é um fato perfeitamente normal. 

O homem vai voltar ao trabalho e a mulher vai se dedicar exclusivamente aos cuidados com o bebê e isso também é extremamente exaustivo.

Para lidar com esse problema, principalmente para o casal que não tem uma rede de apoio e não conta com uma funcionária doméstica, a solução é tentar organizar as tarefas diárias e tentar dividi-las entre si, de uma maneira que ninguém fique sobrecarregado e ainda consigam participar juntos dos cuidados diários com o bebê.

Brigas por cansaço

A nova mamãe vai dormir muito menos do que gostaria e do que o seu organismo precisa e isso pode acabar causando uma irritação acima do normal. Tanto o corpo quanto o humor da mulher ainda não voltaram ao estado normal e é preciso que o parceiro compreenda essa fase para evitar atritos desnecessários.

Desejo sexual

Depois do parto, existe o período chamado de resguardo que é o tempo que o corpo precisa para se recuperar do parto. Mas mesmo depois desse tempo, as alterações hormonais sofridas pela mulher podem fazer com que sua libido fique bem próxima de zero e isso é perfeitamente normal – aqui também entra a compreensão mútua.

Todos esses problemas podem ser contornados com uma conversa franca e calma e, se possível, encontrando um tempo para que o casal possa passar juntos para continuar mantendo os vínculos de amor e cumplicidade após assumir os novos papéis como pai e mãe. Sempre tendo em mente que, por mais difícil que seja atravessar essa fase, ele é realmente passageira.

Lembrem-se de procurar ajuda profissional psicológica (terapia de casal) caso sintam que a situação está extrema.

 

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.