confusão de bico
Maternidade

Confusão de bico: entenda o que é

Entenda tudo sobre um assunto tão temido pelas futuras mamães: a confusão de bico na amamentação.

Você é uma futura mamãe e já se preocupa com alguns aspectos da amamentação? Você não está errada.

Tanto a gestação, quanto o parto e a maternidade, por melhor preparo que se tenha, pode ser uma verdadeira caixinha de surpresa e, sim, é preciso estar preparada para todos os percalços deste caminho.

É muito comum você conhecer ou ouvir história de mulheres que se prepararam durante toda a gravidez para um parto normal e na hora H tiveram que ser submetidas a um parto cesárea; mulheres que tiveram um parto normal, uma excelente produção de leite, mas que não conseguiram amamentar os seus bebês e por aí vai…

São inúmeras as situações que podem pegar a futura mamãe de surpresa, mas nem sempre isso tem que ser um sofrimento antecipado e é fundamental estar bem informada para saber como lidar com o inesperado com segurança, além de contar com a orientação de médicos e especialistas.

A amamentação é um momento único e muito especial na vida de uma mãe. É o momento não apenas de nutrir o filho da maneira mais saudável, mas também é nessa hora que os vínculos entre mãe e filho vão ficando ainda mais intensos e profundos.

Mas apesar de incrível esse momento está bem longe de ser considerado fácil, principalmente para as mamães de primeira viagem.

Por mais que o bebê apresente o instinto natural de sucção para se alimentar de forma natural, na prática você pode enfrentar alguns pequenos problemas, como a famosa confusão de bicos.

Mas você sabe o que significa a confusão de bico e quais os fatores que levam às mamães a enfrentar o problema? Continue lendo este artigo para saber como lidar com o problema ou mesmo ajudar alguma mãe que está passando por ele!

O que é e como lidar com a confusão de bico?

A confusão de bico: sintomas, causas e prevenção - Sou Mamãe
Entenda a confusão de bico

A confusão de bico acontece quando são introduzidos na rotina do bebê bicos artificiais como chupetas, mamadeiras e bicos protetores de silicone usados pelas mamães para proteger contra a rachaduras nos bicos dos seios.

Quando o bebê tem contato com esses acessórios, o que acontece é que ocorre uma alteração fisiológica na maneira em que o bebê realiza o processo de sucção no seio.

Na amamentação natural, ou seja, no seio materno, o bebê utiliza uma série de movimentos que estimulam os músculos da face e dos lábios e é preciso fazer um esforço maior para que consiga se alimentar.

Com os bicos artificiais, há a redução dessa movimentação e a mamada acaba ficando “mais fácil” para o bebê.

Mas isso é ruim? Sim. Isso pode fazer com que o bebê acabe se recusando a se alimentar diretamente no seio por ser mais difícil. Há também o risco de desmame precoce e redução na produção de leite, o que pode prejudicar a saúde do bebê.

Por isso, tanto quanto for possível, evite ao máximo introduzir esses acessórios artificiais na rotina do seu bebê e procure amamentar de maneira natural seu filho, você verá que todo o esforço vai valer a pena, tanto pelo desenvolvimento do bebê quanto pela sua saúde.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.