paternidade
Paternidade

Paternidade: como lidar com os desafios diários

A paternidade também possui enormes desafios diários. Conheça os principais e saiba como driblar cada um deles.

Quando nasce uma criança, nasce também um pai. E assim como a mãe, o pai também luta todos os dias na criação dos filhos. O pai é aquele que o filho almeja ser. É onde encontra segurança no momento de medo, e onde vê a coragem e a luta para viver a vida. O pai já sofre com a mãe desde a gestação, sentindo o que ela sente, participando dos processos da gravidez e acompanhando tudo até o momento do parto.

→ Pai viúvo? Temos um artigo especial pra você.

Os desafios diários da paternidade não são somente relacionados aos cuidados físicos com o bebê como banhos, trocas de fraldas e administração da mamadeira, mas sim o fato de deixar de fazer coisas para si mesmo ou fazer coisas que não fazia em função do bebê.

Por mais que um pai ache que está fazendo tudo por seu filho, sempre irá achar que não está, e sempre encontrará desafios diários para superar em razão dos filhos.

Um exemplo é o pai que não sabia cozinhar, ou tinha medo de cozinhar, e acaba tendo que aprender para poder ajudar a esposa. O bem-estar dos filhos te faz superar medos e traumas, pois um pai faz qualquer coisa para ver o seu filho bem e feliz.

Como lidar com os desafios da paternidade?

paternidade
Desafios da paternidade

A paternidade faz o homem querer ser alguém melhor, todos os dias. Se entregar para ser alguém que contribua positivamente para o desenvolvimento da criança, tanto físico como emocional, de caráter mesmo. Toda ação do filho é motivo de alegria para um pai.

Os pais babões criam hábitos que não tinham. Conheci um pai uma certa vez, que amava passar os domingos em casa, jogando no computador, curtindo um som, sem se preocupar com absolutamente nada.

Com a chegada do seu primeiro filho, os domingos se tornaram diferentes: esse pai acorda cedo, leva o filho ao parque para brincar, assiste seu pequeno todo cheio de orgulho. Ao chegar em casa, dá um banho nele, e o coloca para dormir. Ajuda sua esposa no almoço, acorda o pequeno, almoçam todos juntos, e depois a tarde onde seria seu momento de lazer, ele passa o tempo com o pequeno fazendo o que ele quiser, desde assistir a um desenho animado repetido milhões de vezes, a sair novamente pra ir no campinho chutar bolas.

Os filhos são as esperanças dos pais. Todo pai que se preze, quer que o filho viva tudo o que ele mesmo não pôde viver. Se teve uma infância difícil, passando necessidades, quer que seu filho tenha tudo, que não lhe falte nada. Se não teve um pai presente, quer estar presente na vida do filho, para que ele não sinta o que sentiu em sua infância.

Todo pai, se pudesse, colocaria seu filho dentro de um plástico bolha, o embrulharia e o deixaria junto de si pra sempre, protegido das maldades do mundo. Nada deixa um pai mais feliz do que o sorriso de seu filho, e nada fere tanto quando o choro dele.

Outro desafio da paternidade a ser superado é o trabalho. Muitos pais tendem a trabalhar menos para poder passar mais tempo com seus filhos, e outros precisam trabalhar mais, porque querem dar o melhor para eles e para isso precisam de mais financeiro. Alguns pais param de beber, outros param de fumar, tudo para o bem de seu filho.

A paternidade é deixar de viver para si, para viver para seu filho. E você, quais desafios superou quando virou pai? Conta pra gente!

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.